Schedule a Visit

Nulla vehicula fermentum nulla, a lobortis nisl vestibulum vel. Phasellus eget velit at.

Call us:
1-800-123-4567

Send an email:
monica.wayne@example.com

Agende sua consulta online e presencial: (11) 3052-3558

Depressão e estresse elevam risco de doença cardíaca em até 30%

 

Em matéria publicada na Exame, Leopoldo Piegas, cardiologista e coordenador do Programa de Enfarte Agudo do Miocárdio do Hospital do Coração (HCor) afirma que já é consenso entre os profissionais da área que questões emocionais têm grande influência no aparecimento de doenças cardiovasculares.
Considera, ainda, que o emocional desequilibrado pode ser gerador de hábitos nocivos à saúde, como alimentação inadequada e falta de exercícios físicos.
Estudos também já concluem que estresse e depressão podem elevar de 20% a 30% os riscos de doenças cardíacas, menciona o diretor de Comunicação da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, José Luís Aziz.

Veja a matéria completa na Exame: https://exame.abril.com.br/ciencia/depressao-e-estresse-elevam-risco-de-doenca-cardiaca-em-ate-30/

Sintomas do infarto nas mulheres são mais discretos

 

Por isso, na maioria das vezes, elas demoram mais a ir buscar ajuda médica.
Os homens sentem dor intensa que se irradia para as costas e braço esquerdo e sudorese; na mulher, além destes sintomas que são mais atenuados, ela também podem sentir dor de estômago, enjoo , cansaço excessivo sem causa e mal-estar geral.
As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte entre as mulheres, aponta a Federação Mundial do Coração, principalmente após a menopausa quando há queda nos índices dos hormônios.
As novas características da rotina feminina também estão entre os motivos de maior incidência do enfarte: dupla jornada, cobrança excessiva por resultados, qualidade de vida comprometida.

Entenda mais no artigo: https://emais.estadao.com.br/noticias/bem-estar,sintomas-de-enfarte-em-mulheres-sao-menos-evidentes-veja-os-sinais,70002842315

O que é Hipertensão?

 

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias.
A pressão alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. A pressão alta é um dos principais fatores de risco para a ocorrência de acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca.
Essa doença é herdada dos pais em 90% dos casos, mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, entre eles:
• Fumo
• Consumo de bebidas alcoólicas
• Obesidade
• Estresse
• Elevado consumo de sal
• Níveis altos de colesterol
• Falta de atividade física
Além desses fatores de risco, sabe-se que a incidência da pressão alta é maior na raça negra, em diabéticos, e aumenta com a idade.

Conteúdo extraído do site do Ministério da Saúde: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/hipertensao